Esmaltes para o Inverno

Uma das maiores dúvidas das mulheres no salão de beleza é escolher a cor do esmalte. Se no verão a aposta é nas cores fortes e "abertas", como o laranja, pink, amarelo, verde claro e nude, no inverno, a dica é optar por tons escuros, como o cinza, marrom e roxo.

Conheça os benefícios do Mel

Além de ser utilizado como adoçante natural, o mel também pode ser usado para fortalecer o sistema imunológico, melhorar a capacidade digestiva e até aliviar a prisão de ventre. Além disso, o mel é considerado anti-séptico, antioxidante, anti-reumático, diurético, digestivo, expectorante e calmante.

No entanto, o mel pode engordar porque é doce e tem quase as mesmas calorias do açúcar branco. Uma colher de sopa de açúcar tem cerca de 60 calorias e a mesma medida de mel apresenta 55 calorias.

Apesar disso, ele é o único alimento naturalmente doce que contém proteínas e sais minerais, que são importantes para a saúde, trazendo os seguintes benefícios:

Combater a prisão de ventre, pois ajuda o intestino a se movimentar;

Combater má-digestão e úlceras gástricas, porque tem enzimas que facilitam a digestão;

Aliviar bronquite, asma e dor de garganta, pelas suas características antibióticas e anti-sépticas​;

Mel com própolis: alivia sintomas de faringite, amigdalite, gripe e resfriado. O própolis funciona como antibacteriano, antifúngico, antiviral, estimulador do sistema imunológico, cicatrizante e regenerador de tecidos;

Mel com canela: combate a má-digestão, que pode ocorrer após uma refeição rica em gorduras. Uma boa dica é fazer um chá e adicionar um colher de chá de mel com canela para facilitar a digestão;

Mel com limão: previne o aparecimento de gripes e resfriados, pois o limão tem vitamina C que fortalece o sistema imunológico.

Assim, o mel deve ser consumido em pequenas quantidades e deve ser evitado em casos de diabetes. Conheça também o xarope de agave, um tipo de mel natural que engorda menos que o açúcar.

COMPRE MEL DE ABELHA COM O MELHOR PREÇO DA INTERNET

Informação nutricional do mel

A tabela abaixo trás a informação nutricional para 100 g e para 1 colher de chá de mel.


É importante lembrar que o mel não é aconselhado para crianças pequenas, entre 1 e 3 anos de idade, devido à possibilidade do intestino, ainda imaturo, não impedir a entrada de pequenos micro-organismos, presentes no mel, que podem causar infecções.​

Contraindicações do mel

O mel é um alimento contra-indicado em algumas situações como:

Crianças menores de 1 ano de idade: Até primeiro ano de idade como o sistema digestivo da criança pode não estar completamente desenvolvido e maduro não se defendendo assim de forma eficiente de corpos estranhos. Existe até o primeiro ano de vida e a possibilidade de intoxicações graves com uma bactéria encontrada comumente no mel chamada Clostridium boltulino.

Diabéticos: Os diabéticos devem evitar o mel, pois possui muito açúcar simples que eleva rapidamente a glicemia do sangue. O açúcar do mel é um dos tipos de carboidrato que o diabético deve evitar.

Alérgicos: Pessoas sensíveis com tendência a alergias podem desenvolver reações alérgicas manifestando mal estar gástrico e até dor de estômago, devido aos grãos de pólen presentes no mel.

As melhores dicas de como prevenir estrias no corpo

As estrias são cicatrizes causadas pela ruptura das fibras elásticas e de colágeno. Estas fibras estão localizadas na camada mais profunda da pele. A estria inicia-se com um processo inflamatório, por isso surgem as linhas vermelhas. O organismo passa a produzir um colágeno mais espesso e a marca fica semelhante a uma cicatriz com coloração perolada: a melanina, pigmento que dá cor à pele, desaparece.

Conheça os diversos Benefícios da Pasta de Amendoim

Você já deve ter assistido algum filme ou seriado Americano onde a Pasta de Amendoim (ou creme de amendoim) era consumido normalmente e regularmente. Para nós Brasileiros aquela cena não fazia muito sentido, comer pasta de amendoim como se fosse uma manteiga parece algo muito estranho para muitas pessoas. Mas isso vem mudando de algum tempo para cá.

A planta de Amendoim é uma erva originária da América do Sul, com mais exatidão, em uma região que compreende o Brasil, Paraguai, Bolívia e Norte da Argentina. Apesar de sua origem ser esta, o maior produtor e consumidor de Amendoim nas Américas são os Estados Unidos.

Benefícios da Pasta de Amendoim

1 - Manteiga de amendoim é extremamente nutritiva

A manteiga de amendoim é absolutamente nutritiva. Apenas duas colheres de sopa contém quase 3mg de vitamina E, um poderoso antioxidante que auxilia na reparação da pele, entre outros processos estéticos importantes, além de ajudar a prevenir doenças cardíacas e doença de Alzheimer.

É também fonte de de magnésio (cerca de 49mg) , potássio (cerca de 210mg) e uma variedade de outras vitaminas, todas as quais desempenham um papel vital na manutenção de um corpo saudável. Houve até um estudo da Harvard Health Nurses que descobriu que comer apenas uma colher de sopa de manteiga de amendoim (ou qualquer tipo de nozes, como amêndoas) cinco ou mais vezes por semana pode reduzir o risco de desenvolver diabetes do tipo dois em 21%.

2 - Manteiga de amendoim pode ajudar a perder peso

A manteiga de amendoim possui uma reputação um pouco negativa como um alimento que engorda, ela contém cerca de 188 calorias em 2 colher de sopa, e pode parecer um pouco contraditório dizer que este alimento pode realmente ajudar você a perder peso, mas não é.

Apesar de calórica, a manteiga de amendoim é rica em fibras e proteínas. Cada porção contém cerca de 8g de proteína e 2g de fibras. Para você ter noção da importância deste alimento, é recomendado consumir algo em torno de 18-23 gramas de fibra por dia, dependendo da pessoa.

As fibras possuem um papel importante na dieta, uma vez que atuam diretamente na digestão e no bom funcionamento do intestino. Alcançar a  porção diária recomendada de fibras ajuda a proteger contra diversas doenças, como doenças cardíacas, câncer e diabetes. A fibra também desempenha um outro papel importante para aqueles em uma dieta de restrição calórica: ela cria uma sensação de saciedade e ajuda a reduzir o apetite .

3 - Manteiga de amendoim pode ajudar você a ganhar peso

Este fato parece contradizer o último ponto, mas quando se fala  sobre o ganho de peso, é aquele que todas queremos: músculo em vez de gordura.

Por ser tão rica em proteínas, a manteiga de amendoim é um alimento fantástico para fisiculturistas e aqueles que procuram ganhar peso. Como muitas já sabem e já falamos aqui no blog diversas vezes, a proteína é essencial para construir e reparar os músculos e todos os indivíduos que procuram construir massa muscular devem estar em uma dieta rica em proteínas.

Claro que o amendoim não é tão rico em proteínas como peito de frango ou peixe, mas se você combiná-lo com duas fatias de pão enriquecido com nutrientes e um copo de leite, você provavelmente vai estar consumindo cerca de 30 gramas de proteína e alguns carboidratos de ótima qualidade também.

4 - Manteiga de amendoim contém gorduras saudáveis

Vivemos em um mundo onde as pessoas tem medo de gordura, mas já falamos aqui no blog sobre o Mito do Consumo de Gordura. Ela é um dos três principais macronutrientes (gorduras , proteínas e carboidratos), e é absolutamente essencial para manter a saúde. O problema é que fast foods mais comuns e lanches são cheios com tipos não saudáveis ​​de gordura em enorme quantidade.

A manteiga de amendoim é diferente, é repleta de gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, que são consideradas gorduras saudáveis ​​para o coração. As gorduras monoinsaturadas também agem para diminuir a gordura da barriga e reduzir as chances de sofrer de síndrome metabólica.


1 - Pasta de Amendoim Santa Helena Firts Pote 500g

Conheça os benefícios da cápsula de óleo de peixe


Os ácidos graxos são gorduras essenciais para o tratamento de infecções do organismo e inflamações, também no controle do sistema imunológico. O ômega 3 é uma dessas gorduras e está presente em diversos alimentos.

Alimentos com ômega 3


Como o ômega 3 é um ácido graxo que o corpo não produz, o organismo precisa extraí-lo dos alimentos.

Entre os alimentos ricos em ômega 3 estão os peixes de água gelada, como sardinha, salmão, cavala e atum, sementes como castanhas, a linhaça, nozes, óleos vegetais como o óleo de milho, canola ou soja e em folhas de coloração verde escuro.

Porém, quando a alimentação não é suficiente, a substância pode ser ingerida de forma alternativa. As cápsulas de óleo de peixe são opções para dietas pobres em ácidos graxos. Cada cápsula de 1g contem 600mg de ômega 3. A ingestão deve ser prescrita por um médico.

O consumo mensal recomendado é de 60 cápsulas. Duas por dia antes das principais refeições – almoço e jantar.



Benefícios da cápsula de óleo de peixe


Rica em ômega 3, as cápsulas contribuem para o funcionamento do sistema cardiovascular prevenindo o entupimento dos vasos sanguíneos, pois suas substâncias reduzem os níveis de colesterol ruim, auxiliando no controle da pressão arterial. O aumento da fluidez sanguínea e o desentupimento de vasos também reduzem os ricos de AVC – acidente vascular cerebral.

Suas propriedades também são antiinflamatórias e contribuem no tratamento de artrite, asmas e disfunções intestinais.

O aumento da memória e melhora na concentração também estão relacionados aos benefícios do ômega 3. A falta da substância está associada à depressão, ansiedade, transtornos psíquicos, alterações de humor e doenças de Alzheimer.

Na gravidez, o ômega 3 também é essencial, já que está diretamente relacionado à formação cerebral do bebê. Sua ingestão está associada a menores taxas de déficit de atenção e hiperatividade e maior número de QI.

Além dos benefícios relacionados à saúde, a cápsula de óleo de peixe emagrece. Suas propriedades agem auxiliando na redução da gordura abdominal e ainda impulsionam o crescimento muscular.

Alimentação com ômega 3

Além da ingestão de cápsulas de óleo de peixe, é importante priorizar uma alimentação balanceada, livre de gorduras e açúcares e ainda aumentar a ingestão de água, que deve ser de 2 litros por dia.

Prepare-se para o inverno

Com a chegada da estação mais fria do ano, é hora de reforçar os cuidados com para manter nossa beleza e nossa saúde. Com a queda das temperaturas e clima seco, chegam também a tosse, os espirros, o ressecamento da pele, danos aos cabelos, alergias respiratórias, infecções, resfriados, dermatites atópicas e até rugas de expressão.

Para que esses males não se instalem, ou pior, não evoluam, aposte na prevenção. Confira alguns cuidados básicos para essa época.

Conheça os benefícios do Óleo de Cártamo. Emagrecimento é um deles!

O óleo de cártamo circula há um bom tempo no mercado, porém agora é um daqueles produtos que está na moda, isso porque ele promete ajudar no emagrecimento.

5 dicas para seus cabelos crescerem mais rápido

Um cabelo saudável cresce em média 1 centímetro por mês, mas existem alguns truques e dicas que podem fazer o cabelo crescer mais rápido, como garantir todos os nutrientes que o corpo precisa para formar o cabelo e melhorar a circulação sanguínea, que leva oxigênio, que também é necessário para o crescimento do cabelo.